terça-feira, 29 de março de 2011

Governador pede ilegalidade da greve e manda cortar pontos

O governador Wilson Martins (PSB) acaba de confirmar que pediu a ilegalidade da greve dos policiais civis. Wilson classificou o movimento como uma "greve de birra, para afrontar o governo" e disse que não vai admitir.

Além do pedido de ilegalidade, o governador determinou que o ponto dos policiais grevistas seja cortado





Governador explica que a proposta do governo é pagar o reajuste de 24%, sendo 12% em 2011 e 12% em 2012. O governador disse que lamenta, mas a greve e não pode comprometer o equilíbrio financeiro do Estado que atende a 3 mil piauienses em detrimento de uma classe de 1.300.


Flash de Yala Sena
Redação de Leilane Nunes
redacao@cidadeverde.com