domingo, 2 de setembro de 2018

Coligação de Luciano Nunes e Cassandra realiza grande comício no São Vicente de Paula

Dentre os vários oradores da noite chamou a atenção o pronunciamento da 1ª dama do município, Adalgisa Moraes Sousa, que criticou a omissão do governo do Estado para com Parnaíba, enfatizando a falta de ação a Agespisa, que obrigou o prefeito Mão Santa a provocar o Ministério Público, que exigiu que a empresa providenciasse o fornecimento de água para alguns povoados na zona rural. “Fizeram um foguetório para colocar uma pedra fundamental da obra que levaria água para aquelas comunidades mas tudo foi só enganação, ficou só no foguetório”, disse.
Ela também destacou a importância do candidato a governador Luciano Nunes ter a parnaibana Cassandra como sua vice, filha dela, que certamente fará com que o governo do Estado possa se aliar ao governo de Parnaíba pelo bem da cidade. “É preciso um governo novo, com novo planejamento, com capacidade e novas ideias”, pontuou Adalgisa, enfatizando ainda o grande apoio que o deputado federal Heráclito Fortes vem dando à administração municipal, inclusive conseguindo recursos para a conclusão dos tabuleiros litorâneos, “uma obra que certamente vai gerar vários empregos”.
O prefeito Mão Santa, por sua vez, lembrou de alguns benefícios, inclusive calçamento, que levou para aquele bairro, quando foi prefeito a primeira vez e aproveitou solicitar o deputado federal Heráclito Fortes, que consiga recursos para que sua administração reurbanizar a Lagoa do Bebedouro, por ele visitada esta semana e que ele pretende ali fazer investimentos, transformando o local em ponto turístico da cidade. Heráclito Fortes, também em discurso, comprometeu-se a colaboração, com a alocação de recursos da Codevasf(Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), presidida pelo piauiense Avelino Neiva, por ele indicado.
Falaram também os candidatos a senador Robert Rios e Wilson Martins, criticando a desorganização em que se encontra o Estado, prometendo ações efetivas em áreas importantes, como a segurança pública, prometendo a necessidade de fazer voltar o Ronda Cidadão, “programa que aproximava a polícia do cidadão e que funcionou bem no governo Wilson Martins mas que o atual governador, por incapacidade de aumentar o contingente da polícia, resolveu acabar”, disseram.
O candidato a governador, Luciano Nunes e a vice Cassandra, não pouparam críticas ao governo Wellington Dias, que pretendem substituir, fazendo devolver aos piauienses a esperança de dias melhores, executando ações que tirem o Estado da profunda crise em que se encontra, onde nada funciona porque o governante estadual só pensa em seu projeto de poder, pleiteando governar o Piauí pela 4ª vez.
B. Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário