terça-feira, 28 de agosto de 2018

Deu no jornal:”Governo do Estado “faz de conta” que toca obras em Parnaíba”

Além das obras paralisadas pelo governo do Estado em Parnaíba, aquelas que anunciaram como retomadas, a exemplo da ponte Simplício Dias, estão na base do “faz de conta”, apenas com poucos homens no local, passando a impressão que fazem tão somente encenação, para provocar a impressão de que a obra continua em andamento.

Passado mais de um mês de inciada, a obra de construção da Orla da Pedra do Sal, iniciada dia 3 de julho, com previsão de término da 1ª etapa dia 3 de novembro, segundo a placa afixada no local, é outro exemplo de “faz de conta”. Uma equipe deste “Tribuna do Litoral” esteve no local, na última segunda feira, e fez fotos do andamento dos trabalhos, onde facilmente se conclui que até o final de novembro deste ano não tem a menor condição do trabalho ser entregue.
O alargamento da PI-116, de acesso à referida praia, também está inconclusa, com uma enorme área onde o prolongamento ainda não ocorreu. Nos locais concluídos, falta a devida sinalização. A obra de alargamento da pista começou em 2014, durante o pequeno período de governo do parnaibano Zé Filho.
A Orla da Praia

As promessas de construção da Orla da Pedra do Sal começaram em 2008, quando Wellington Dias (PT) arquitetava uma vaga ao senado federal. Desde então os parnaibanos foram iludidos por várias vezes no que se refere a realização deste sonho.  
O então Secretário de Turismo, Flávio Nogueira Júnior e o Deputado Federal Flávio Nogueira (PDT), trouxeram à tona novamente a promessa da orla. Em 2016, os Nogueiras e o Prefeito da época, Florentino Neto (PT), chegaram a realizar a assinatura do decreto para a urbanização da orla da Pedra do Sal, na presença do Governador Wellington Dias. 
Na primeira etapa foi anunciado 3,3 milhões de reais para a obra, posteriormente mais 2,7 milhões isso em 2008. Alguns anos depois, Wellington Dias anunciou cerca de 9 milhões de reais para a conclusão da citada orla. Já em 2018 o Deputado Flávio Nogueira disse que enviaria uma emenda parlamentar de quase 5 milhões para a obra e mais uma vez foi assinada uma ordem de serviço. A obra em construção atualmente, emenda parlamentar do mesmo deputado, está orçada em pouco mais de 3 milhões de reais.

Texto: Bernardo Silva - Fotos: Camila Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário