sexta-feira, 13 de julho de 2018

"Estado está ingovernável", critica Elmano que intensifica pré-campanha

O senador Elmano Férrer (Podemos),que deixou esta semana a cadeira de senador para se dedicar a sua pré-campanha, teceu duras críticas à gestão do governador Wellington Dias (PT). O senador diz que a situação do estado não é boa e que o Piauí está "ingovernável".

"O estado está ingovernável. Não quero dizer porque o povo sabe. Eu em 12 anos, com a experiência administrativa que eu tenho da área pública, eu tinha feito tanta coisa nesse estado que não estaria de pires na mão. Esse estado já tomou empréstimo que não tem como pagar", criticou o pré-candidato.

Na pré-campanha, Elmano diz que somente agora as decisões começaram e afirma que deverá ter de 6 a 8 siglas em torno de sua candidatura. O impasse está apenas com relação a alguns partidos emergentes, que em âmbito nacional restringiram o apoio ao partido do senador. No Piauí, a tendência é de fragmentação dos partidos menores.

"Eu nunca acredite, nem eles, em eles estarem unidos nas eleições proporcionais, quanto mais os 11 [partidos emergentes] em torno de um candidato só na questão majoritária para governador ou senador", disse o governador.

Convite mantido a Frank Aguiar

Apesar dos últimos desdobramentos acerca da pré-candidatura a senador do cantor Frank Aguiar (PRB), que afirmou em áudio que pode compor chapa com o deputado Dr. Pessoa (SD) como candidato a governador, Elmano disse que o convite continua aberto ao cantor.

Bem posicionado nas pesquisas, Frank garante que será candidato ao senado mesmo que precise apelar para uma candidatura avulsa. Elmano diz que seu partido já o convidou para compor chapa, e reforçou durante entrevista ao Jornal do Piauí.

"O convite continua mantido, mas estamos também com conversações com outras alternativas, inclusive pra preencher a vaga de vice. É um nome popular e ficou acertado que continuaríamos conversando", disse Elmano.

Foto: Catharina Malheiros - Rodrigo Antunes |redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário