domingo, 23 de julho de 2017

País economizaria R$1,4 bilhão reduzindo o congresso

PEC 106/2015 REDUZ NÚMERO DE PARLAMENTARES E GASTOS EM, PELO MENOS, R$ 1,4 BILHÃO POR MANDATO
Apoiada por mais de 99% dos entrevistados no portal E-Cidadania, do Senado, a PEC 106/15, que reduz número de senadores de 81 para 54 e de deputados de 513 para 386, geraria economia de R$ 1,44 bilhão a cada quatro anos de mandato. A montanha de dinheiro é o custo atual dos salários, benefícios e regalias como carro com motorista dos 127 deputados e 27 senadores, além das centenas de aspones incluídos. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A economia anual com o corte dos parlamentares proposto na PEC 106/15 é de R$ 298 milhões na Câmara e R$ 63,3 milhões no Senado.
Cada deputado pode contratar até 25 secretários parlamentares com a verba de gabinete de R$ 97 mil. Os salários vão de R$845 a R$12.940.
Para não usar o salário de R$33,7 mil, as excelências têm até R$45 mil mensais para gastar livremente. Tudo reembolsado com o seu dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário