sexta-feira, 21 de julho de 2017

Fora do Páreo: Florentino não será candidato em 2018

Resultado de imagem para florentino netOO ex-prefeito de Parnaíba Florentino Neto (PT), muito provavelmente não será candidato a nenhum cargo nas próximas eleições. O nome do atual secretário de Saúde do Piauí é lembrado por muitas lideranças da região Norte do estado como um pretenso candidato a uma vaga de Deputado Estadual ou até mesmo Deputado Federal. Porém, se for candidato a qualquer desses dois cargos citados acima, Florentino Neto entraria em confronto com interesse políticos de dois padrinhos importantes em sua carreira: Deputado Estadual Zé Hamilton (PTB) e o Deputado Federal Assis Carvalho (PT).

Resultado de imagem para ZE HAMILTON
Vamos por partes: o primeiro é o caso do atual Deputado Estadual Zé Hamilton. O Petebista é visto como o principal padrinho político de Florentino Neto, sendo que Florentino nas duas gestões de Zé na Prefeitura de Parnaíba exerceu cargos de extrema importância – sendo Secretário de governo e vice-prefeito (2004-2011). E também é creditado ao Zé Hamilton uma parcela importante na vitória do Petista em 2012; ano em que ele se elegeu Prefeito de Parnaíba. Sendo assim Florentino Neto ficaria impossibilitado de ser candidato a Deputado Estadual já que está nas pretensões de Zé Hamilton pleitear sua reeleição.
Resultado de imagem para ASSIS CARVALHO
Na segunda opção estaria uma candidatura a Deputado Federal – outra vez ele entraria de encontro com um padrinho político seu, o Deputado Assis Carvalho. Trata-se que após perder a eleição de 2016, Florentino Neto se tornou Secretário de Saúde graças ás benção de Assis. Já que ele é o responsável por indicar o comandante da pasta na gestão do Governador Wellington Dias (PT). Com isso Florentino teria essa parceria fechada com o Deputado Assis Carvalho.

Outro fator que pesa para que Florentino não seja candidato em 2018 é que como exerce o cargo de Secretário de Saúde ele teria que ser exonerado ainda em março do ano que vem, levando em conta a data em que ele assumiu a pasta ficaria pouco tempo para mostrar trabalho e imprimir seu ritmo na SESAPI.
Por Hudson Veras, de Parnaíba. Bancada Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário