sexta-feira, 2 de junho de 2017

Surto atinge comunidade rural de Picos e deixa 70 pessoas doentes

O surto de uma doença que provoca dores no corpo, febre e outros sintomas atingiu quase uma comunidade inteira na zona rural de Picos ( a 306 km de Teresina). Cerca de 70 pessoas adoeceram quase ao mesmo tempo na comunidade Carnaíbas, onde há famílias completas sofrendo com os fortes sintomas.

A equipe de reportagem da TV Cidade Verde foi até o local para mostrar a situação da comunidade que sofre sem ter um diagnóstico preciso da doença. "Febre, dor no corpo, dor nas juntas, vômito e dor de barriga. Eu não conseguia beber nem água da garrafa. Foi obrigado eu levantar que tava melhorzinha pra fazer comida. Já gastei dinheiro com remédio mas não melhora não. A dor não passa", descreve uma dona de casa em entrevista.

Na escola da comunidade a professora Maria Simone descreve que a maioria dos alunos já deixou de ir para as aulas por conta dos sintomas. Preocupados com a situação, a Secretaria Municipal de Saúde de Picos enviou uma equipe da vigilância epidemiológica junto com membros do Centro de Zoonozes para investigar as causas do surto que preocupa os moradores.

A comunidade sofre com os problemas da estiagem e é abastecida pela operação carro-pipa. No local, foram encontradas várias larvas de mosquitos Aedes Aegypti, transmissor da dengue, dentro de cisternas. A principal hipótese levantada pelo coordenador do Centro de Zoonozes do município, Agenor Martins, é que a doença que atinge a comunidade seja dengue, zika ou chikungunya. 

"A princípio, a sintomatologia é de dengue mas algumas pessoas se queixam de dores nas articulações. A Secretaria de Saúde tão logo toma conhecimento, providencia e realiza ações para conter o avanço desse agravo. Mobilizamos os segmentos e estamos fazendo atividades para detectar a doença que está circulando junto a população e também as medidas cabíveis para evitar que o mosquito se prolifere", finaliza.

Reportagem de Clebson Lustosa - Cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário