sábado, 17 de junho de 2017

Mão Santa será recebido em Brasília pelos Ministros da Saúde e Meio Ambiente

O Prefeito de Parnaíba, Mão Santa, viaja a Brasília na próxima semana, quando será recebido em audiência, terça-feira (20) pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, e ministro do meio ambiente, Sarney Filho, com quem tratará de várias demandas em favor do município. Ele convocou a imprensa em seu gabinete, na última quarta feira, para falar deste e de outros assuntos.

Dentre as reivindicações a serem feitas em Brasília estão: a recuperação total das Escolas Roland Jacob e CAIC – (Centro Educacional/Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente), além da conclusão de uma creche, no conjunto Dom Rufino, que foi paralisada na gestão passada e havia sido retomada na atual gestão, mas houve um problema de aterramento que ainda precisa ser solucionado, para que as obras sejam sequenciadas.


“Vamos levar também ao Ministro Sarney Filho (meio-ambiente) o projeto para a transformação da Lagoa do Bebedouro num parque ambiental, porque quando aqui ele esteve, recentemente, levamos a ele o assunto e vamos torcer para que os recursos sejam liberados o mais rápido possível”, declarou Mão Santa. O prefeito disse ainda haver solicitado à secretária da infraestrutura, Maria das Graças, que o acompanhará na viagem, os projetos necessários para fundamentarem suas reivindicações.
As obras continuam
“Vamos fazer 6 meses de administração e podemos afirmar que nunca se fez tanto em tão pouco tempo. O “tudo vai melhorar” que eu dizia, hoje afirmo: tudo já melhorou. “Temos a alegria de ver novamente a cidade toda iluminada, onde fizemos um investimento alto; estamos ainda trabalhando na recuperação das ruas e avenidas e vamos inaugurar no domingo a pavimentação Poliédrica no conjunto Broderville; e vamos também fazer o asfalto em um corredor no Conjunto Raul Bacellar, desembocando na Avenida São Sebastião”, disse o prefeito.

Ele reafirmou também sua determinação em construir um conjunto residencial para os mais necessitados, cujas providências iniciais já estão sendo tomadas. “Muitos irmãos nossos continuam tendo problemas de moradia e nós estamos formatando a construção de um conjunto residencial, em regime de mutirão, tudo sob a supervisão de um engenheiro experiente, que já contratamos. Será uma obra rigorosamente fiscalizada também pelo serviço social, para evitarmos a ação de aproveitadores e que as casas sejam doadas realmente para quem precisa”, disse o prefeito.
Sup. de Comunicação -PMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário