terça-feira, 6 de junho de 2017

Documentário do Sesc Ler mostrará histórias de superação

O projeto do Sesc que leva educação de jovens e adultos aos municípios de elevados índices de analfabetismo – o Sesc ler completa 18 anos. Para comemorar a data, o Departamento Nacional está produzindo um documentário de 1h30 mostrando a transformação social que o Sesc Ler promoveu nas cidades. 

O diretor de Cinema, André Von (Carl), a produtora de audiovisual do Departamento Nacional do Sesc, Osvania Luzia e os técnicos Altair Nenezes (Coordenador de Operações), Wilson Ferreira (operador de câmera) e Sílvio César Costa (iluminador) percorrem os Estados do Ceará, Piauí, Pernambuco e Paraíba e para coletar exemplos de superação. 

O grupo chegou ao Piauí no início de junho e registrou as conquistas de alunos e ex-alunos do Sesc Ler Guaribas. São histórias de pessoas simples como Romildo Alves, 28 anos, natural de Guaribas, que aprendeu a ler e a escrever no projeto do Sesc. 

Romildo é um dos três filhos do agricultor Isaías Alves, 68 anos. Ele é o único que consegue ler algumas palavras em casa. Segundo a coordenadora regional do Projeto Sesc Ler no Piauí, Rozenilda Castro, a história de Romildo merece destaque pela transformação que o projeto promoveu na vida dele. Jovem vaqueiro da cidade, sem perspectivas de crescimento profissional, Romildo é um dos autores do livro Historiando Guaribas – publicação do Sesc Piauí que resgata a história e a identidade do município de Guaribas. 

Há 657,5 km da capital, Guaribas fica no extremo Sul do Piauí, região semiárida, onde apesar das ações sociais, são latentes a falta de infraestrutura, oportunidade de trabalho e geração de renda e a consequente desigualdade social. 

Também gravaram depoimentos a aluna do Sesc Ler, Marleide Diolinda, a única costureira de Guaribas, que aprendeu a ler e escrever no Sesc e agora ensina o seu ofício nos cursos de Corte e Costura, realizados no Sesc Ler. Atualmente, o Sesc realiza o quarto curso de costureira, como é mais conhecido, e já formou seis donas de casas que conseguem produzir roupas e já atendem encomendas. 

O vereador Adão Dias Pereira (PTB), um dos nove vereadores do Município. Ele aprendeu a ler e a escrever no Sesc já com propósito de disputar uma cadeira no Legislativo Municipal. “Eu não passei no teste do Juiz (Justiça Eleitoral) e não pude concorrer às eleições. Só quando eu me formei no Sesc Ler consegui passar no teste e fui eleito vereador”, explica. Adão já está no seu quarto mandato legislativo. 

As histórias de Romildo, Marleide e Adão vão se juntar às de pessoas que conseguiram se destacar por meio da leitura, no documentário do Sesc Ler. Serão 13 histórias de alunos, egressos, educadores e coordenadores do Sesc Ler que vão destacar a importância da educação para transformar a sociedade.

Assessoria de Comunicação 

Nenhum comentário:

Postar um comentário