quinta-feira, 22 de junho de 2017

As dívidas são tantas que se o dinheiro das operações de crédito chegar não vai ajudar

Os empresários do Piauí, estes podem tirar o cavalinho da chuva!
 
Caso sejam liberados os dois empréstimos que Wellington Dias pediu à Caixa, a prioridade do governo será pagar salários. E iniciar uma obrinha ali, terminar outra aqui.
O rombo nas contas do governo é tão grande e tão grande é também a vontade de gastar dinheiro com intenções pura e simplesmente eleitorais que, neste ritmo, o atraso de fornecedores continuará. O valor dos empréstimos somados é praticamente equivalente à divida com os fornecedores e prestadores de serviço: quase um BILHÃO de reais. 

Ou seja, o Estado vai manter o "rodízio" de pagamentos.
Com informações de Marcos Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário