quinta-feira, 22 de junho de 2017

A farra dos suplentes na Assembleia e monumental aumento na folha de pagamentos

Wellington Dias: Perdulário
Bancada suplente
A farra de convocação de suplentes cria a estranha situação de colocar o PT como um partido de suplentes na Assembleia Legislativa do Piauí. Dos cinco deputados atualmente em exercício do mandato, somente uma, Flora Isabel, é titular. Aluísio Martins, Cícero Magalhães, Henrique Rebelo e João de Deus são suplentes.
Insolvência permanente
Em sua página no Facebook, o economista e publicitário George Mendes publicou um quadro com a evolução dos gastos com encargos e pessoal no âmbito do governo do Piauí. O quadro mostra um salto monumental da folha, de R$ 932,4 milhões em 2002 para R$ 5,38 bilhões em 2016. Desconsiderando a inflação no período, o crescimento nominal dos gastos com pessoal neste período foi de 540,32%. Se for levado em conta o acumulado do IPCA no período, o crescimento real foi superior a 200%.
Portalaz - Edição: Bernardo Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário