segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Uma pesquisa por dia


Será, como era de se esperar, uma semana, cheia de novas pesquisas. Das que interessam, será divulgado um Datafolha presidencial hoje à noite. Uma pesquisa feita inteiramente hoje. Captará, assim, em seu resultado parte das repercussões do debate de ontem.
Na quarta-feira, um novo Datafolha. Na quinta-feira, uma pesquisa Ibope e novamente outra do Datafolha. No sábado, os dois institutos divulgarão novo levantamento.
Por Lauro Jardim

Lavrador é morto com várias facadas na zona rural de Caraúbas do Piauí.



O IML de Parnaíba removeu na noite desse sábado-18, o corpo do lavrador identificado pelo nome de José de Ribamar, conhecido Riba, de  32 anos, que levou 5 facadas, sendo que 4 atingiram a região do tórax, e uma outra na cabeça, ocasionando a morte imediata da vítima na cena do crime.

O fato aconteceu por volta das 16hs 30 na localidade Angico Branco, na zona rural de Caraúbas do Piauí.

Até o momento ninguém foi preso pelo assassinato do lavrador. De acordo com Robinson Castilho, o crime foi motivado por uma rixa antiga.
 Depois das 4 facadas na região do peito, a vítima foi atingida com um outro golpe na cabeça.

O IML fez a remoção do corpo do lavrador diretamente da cena do crime

Por Junior Catita

Robert Rios critica o Governo do PT

O deputado estadual Robert Rios Magalhães (PDT) usou a página pessoal do facebook para criticar o PT que para ele, transformou o Brasil em uma “republiqueta americana”.


O parlamentar destacou que somente a reação da sociedade será capaz de tirar “essa quadrilha do poder”, em referência ao Governo do PT. 

Imagem: DivulgaçãoRobert Rios (PDT)(Imagem:Divulgação)Robert Rios (PDT)

“O PT transformou nosso lindo país em uma republiqueta latino americana , sustentada por bolsa família, enquanto ele se mantém no poder com bolsa corrupção. Só a reação em cadeia do conjunto da sociedade será capaz de tirar essa quadrilha do poder. Todos têm obrigação e dever com o Brasil. Precisamos sair do conforto da inércia e ocupar as ruas por um país sem corrupção. Dê ao seus filhos e netos um Brasil com bolsa dignidade para todos”.

Imagem: ReproduçãoPostagem na página do facebook de Robert Rios (Imagem:Reprodução )Postagem na página do facebook de Robert Rios

Eleitor não poderá ser preso a partir da terça-feira, 21; veja calendário eleitoral


Segundo o calendário eleitoral do TSE para o segundo turno, a terça-feira é a data a partir da qual e até 48 horas depois do encerramento da eleição nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto (Código Eleitoral, art. 236, caput).
Na terça também é o último dia para que os representantes dos partidos políticos e coligações, da Ordem dos Advogados do Brasil e do Ministério Público interessados formalizem pedido ao Juízo Eleitoral para a verificação das assinaturas digitais, a ser realizada das 48 horas que antecedem o início da votação até o momento anterior à oficialização do sistema transportador nas Zonas Eleitorais.
Publicado Por: Daniel Silva

Lançamento Governo lança edital de bolsas para programas de Pós-Graduação

O recurso é destinado à formação de recursos humanos qualificados no Estado.

Imagem: DivulgaçãoGoverno lança edital de bolsas para programas de Pós-Graduação(Imagem:Divulgação)Governo lança edital de bolsas para programas de Pós-Graduação
O Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi), em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), torna público o lançamento de edital de bolsas destinadas às coordenações de programas de Pós-Graduação Stricto Sensu, reconhecidos pela Capes e vinculados às instituições científicas e tecnológicas sediadas no Piauí, para que apresentarem propostas de pesquisa.

O lançamento do edital tem como objetivo ampliar a oferta de bolsas de pós-graduação para programas de Mestrado acadêmico, destinado à formação de recursos humanos qualificados, com ênfase em áreas de interesse estratégico para o desenvolvimento do Estado, bem como na consolidação de cursos novos e na interiorização das atividades de pesquisa.

Para tanto serão destinados recursos da ordem de R$5.220.000,00, sendo que R$3.780.000,00 oriundos da Capes e R$1.440.000,00 da contrapartida do Tesouro Estadual. O valor mensal da bolsa de mestrado é de R$1.500,00, sendo que elas serão concedidas pelo prazo de até 24 meses, com prazo improrrogável.

Para participar desta chamada, o interessado deverá ser coordenador do programa de Pós-Graduação Stricto Sensu de Mestrado Acadêmico, recomendado pela Capes e vinculado a Instituições de Ensino e Pesquisa Superior sediadas no Piauí, conforme previsto no Regimento do programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. E ainda estar cadastrado no SIG/Fapepi e na Plataforma Lattes. O lançamento do edital foi publicado no Diário Oficial do Estado, da última sexta-feira (17).

Atividade - Data

Lançamento do Edital - 16 de outubro de 2014
Recepção das propostas no SIGFapepi - 17 de outubro a 17 de novembro de 2014
Recepção das propostas (documentação Impressa) na Fapepi - Até 18 de novembro de 2014
Análise das propostas - Até 5 de dezembro de 2014
Divulgação do Resultado - Até 9 de dezembro de 2014
Interposição de Recurso - De 10 a 11 de dezembro de 2014
Divulgação do Resultado Final após Recursos - Até 17 de dezembro de 2014
Indicação dos bolsistas pelo coordenador do PPG - A partir de 16 de fevereiro de 2015
Início da implantação das bolsas junto a Capes e Fapepi - A partir de 25 de fevereiro de 2015

Ministério Público vai investigar Lula por chamar Aécio de "cafajeste", "desprezível" e "vingativo"

Imagem: Alex Douglas/O Tempo/FolhapressLuiz Inácio Lula da Silva participa de comício com Fernando Pimentel(Imagem:Alex Douglas/O Tempo/Folhapress))Luiz Inácio Lula da Silva participa de comício com Fernando Pimentel
O preguiçoso Lula não toma jeito. Partiu para agressão e baixaria contra o candidato Aécio Neves durante evento político. Foi um comício realizado em Belo Horizonte no sábado (18) - sem a presença de Dilma Rousseff -, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ultrapassou os limites da inconsequência e comandou um show de baixarias e ofensas desmedidas contra Aécio Neves. Foi o ponto mais baixo da campanha até aqui. E não apenas desta campanha: desde 1989 o Brasil não assistia a um festival de ataques como os que o PT hoje protagoniza em uma campanha. Lula não apenas se utiliza das mesmas armas de que foi alvo na campanha contra Collor, como vai ainda mais longe. No comício, o ex-presidente citou o nome de Aécio muito mais que o de Dilma, que se tornou personagem secundário dos discursos. A ordem era atacar, sem tréguas.

Lula protagonizou um conjunto de insultos contra o presidenciável do PSDB e disse que Aécio usa violência contra mulheres “por experiência de vida” e seria “filhinho de papai”, “cafajeste”, “desprezível” e “vingativo”.
Imagem: Felipe Dana/APCandidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves(Imagem:Felipe Dana/AP)Candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves

Aécio

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, recorreu no domingo (19) à procuradoria-geral eleitoral para que o Ministério Público investigue os ataques promovidos pelo ex-presidente Lula, principal cabo eleitoral da presidente-candidata Dilma Rousseff (PT).
Keywords:

Por Herbert Sousa.

Ala do PSDB que já pensa em candidato próprio em 2018 é contra apoio do partido a Wellington

O PSDB do Piauí tem uma forte ala contra uma provável decisão de apoiar o Governo de Wellington Dias a partir do início de janeiro do ano que vem, segundo confidência de um dos seus principais dirigentes que defende "uma oposição mais vigilante e destemida, ressalvando o que fora estritamente de grande interesse do Estado".
Imagem: Bárbara Rodrigues/GP1Wellington Dias(Imagem:Bárbara Rodrigues/GP1)Wellington Dias
Para o dirigente, "parceria administrativa não tem nada a ver com apoio político", lembrando ainda que "as urnas nos puseram na oposição e é lá que devemos ficar porque temos grandes nomes que podem ser levados a todo o Estado a partir de hoje para chegarmos a um Governo com a nossa linha".
 
Firmino Filho e Silvio Mendes, segundo o mesmo dirigente, são hoje os principais líderes do PSDB, "altamente preparados que podem muito bem começar um trabalho de fôlego e determinação levando sua mensagem ao povo do Piauí que certamente a ouvirá".
Imagem: Gil OliveiraSilvio Mendes e Firmino Filho(Imagem:Gil Oliveira )Silvio Mendes e Firmino Filho
O dirigente acha que desde o início deste ano havia claros sinais recomendando o PSDB a ter candidato próprio, mas o partido preferiu uma coligação que acabou derrotada. "Não devemos chorar o leite derramado até porque o Zé Filho merece todo o nosso respeito, mas futuramente não tem como fugir: o PSDB precisa ter um candidato a governador".
 

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Procurador critica silêncio de presos com dinheiro em São Raimundo Nonato

O procurador regional eleitoral Kelston Pinheiro Lages comentou a apreensão de R$ 11 mil feita na noite de ontem (2) em São Raimundo Nonato, 517 quilômetros ao Sul de Teresina (PI). O representante do Ministério Público criticou o fato dos dois ocupantes do veículo terem usado o direito de ficarem em silêncio durante depoimento e afirmou que a polícia investigará a possibilidade de que uma "quadrilha" esteja agindo no Estado na prática de compra de votos. 
"Quem está fazendo a coisa certa não se cala. Pelo contrário, ela quer se explicar. Foram encontrados R$ 11 mil em cédulas de 50 reais e isso é típico de quem quer comprar voto. Recebemos até informações de que o dinheiro seria distribuído em cinco municípios do Sul do Estado", disse Kelston Lages na manhã desta sexta-feira (3), antes da sessão no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).
"A polícia está investigando e queremos que os fatos sejam esclarecidos, pois não é razoável as pessoas transportarem tanto dinheiro na véspera de uma eleição, escondido dentro do carro", acrescentou o procurador, que aguarda o avanço das investigações e lembrou que os celulares dos dois detidos já foram apreendidos, para se saber se houve comunicação com alguém envolvido em campanha eleitoral. 
Kelston Lages ainda citou a apreensão de R$ 180 mil ocorrida em setembro em Barreiras (BA). O dinheiro estava em poder de um assessor do senador Wellington Dias (PT), que disputa a eleição para governador. 
Wilson Filho/Cidade Verde
O procurador pediu que fosse investigada a possibilidade de haver uma quadrilha praticando o crime de compra de voto no Estado. "Pedi que retornasse um delegado e ele foi a São Raimundo Nonato conduzir a investigação. Essa apreensão dos R$ 11 mil, em cédulas de 50 em série e mais uma vez as pessoas se omitiram, se negaram a esclarecer. Estamos pedindo ao delegado para saber se há uma quadrilha porque há o outro caso dos R$ 180 mil, que ocorreu da mesma forma, com o dinheiro escondido debaixo de banco do carro", explicou.
Em desabafo, o procurador eleitoral condenou a ocorrência da prática da compra de voto no Estado. "É uma demonstração de que no Piauí os políticos insistem em fazer campanha com compra de voto. É uma praga, uma prática danosa. Se ficar comprovada a relação disso com algum candidato, vamos pedir a cassação do registro, do diploma do candidato. Sei que é pai e filho que estariam relacionados com alguma candidatura, mas preciso checar de forma responsável para fazer esse elo", declarou.
O Ministério Público Eleitoral deve pedir ainda a quebra dos sigilos telefônicos dos envolvidos para usar como prova no processo.
Emanuela Pinto (especial para o Cidadeverde.com)
Fábio Lima (Da Redação)
redacao@cidadeverde.com

Pai e o filho presos com dinheiro no Piauí pagam fiança e já estão soltos


O namorado - também apontado como marido - e o enteado da candidata a deputada estadual pelo PT, Flora Izabel, pagaram a fiança de 30 salários mínimos cada um e foram liberados. Sandro Borges Alves e Alexandre Assunção Lacerda Borges - pai e filho - pagaram a quantia individual de R$ 21.720,00. O total pago foi de R$ 43.440,00.

Segundo um dos documentos a que o 180 teve acesso, o do enteado da candidata do PT, Alexandre Borges, ele se compromete a comparecer “ao juízo competente todas as vezes que for chamado, sob pena de ser considerada quebrada dita fiança e como conseqüência perder para o Tesouro Nacional referida quantia".

A dupla foi presa na noite desta quinta-feira (2), em São Raimundo Nonato, portando R$ 11 mil em notas de R$ 50,00 divididas em cinco maços, que seriam endereçados a cinco municípios diferentes. São eles Capitão Gervásio de Oliveira, Guaribas, Várzea Branca, São Lourenço do Piauí e Dirceu Arcoverde. A suspeita é de compra de votos.

Ambos responderão por crime eleitoral previsto no Artigo 299 do Código Eleitoral - Lei 4737/65. Nele está previsto que “dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita”, resulta num pena de reclusão de até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa.
2014-10-03 14.06.43.jpg
Não poderão sair de casa por mais de oito dias sem avisar a Justiça
Uma das sanções impostas aos agora libertos está prevista no Artigo 328 do Código de Processo Penal. “O réu afiançado não poderá, sob pena de quebramento da fiança, mudar de residência, sem prévia permissão da autoridade processante, ou ausentar-se por mais de 8 (oito) dias de sua residência, sem comunicar àquela autoridade o lugar onde será encontrado”, determina.
doisdetidoscomdinheiroemsrn.jpg
2014-10-03 07.02.41.jpg
2014-10-03 07.02.37.jpg
2014-10-03 07.01.54.jpg
Repórter: Rômulo Rocha
Publicado Por: Fábio Carvalho

CREDIBILIDADE:W.Dias 45%, Zé Filho 35%, Mão Santa 5%

Galaxy
Pesquisa do Instituto Credibilidade divulgada nesta sexta-feira (03/10) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o Governo do Estado do Piauí: senador Wellington Dias (PT) com 45,53%, governador Zé Filho (PMDB) com 35,11% e Mão Santa (PSC) com 5,17%.
O número de eleitores que afirmaram não saber em quem votar ou preferiram não opinar é de 9,81%, os que afirmaram votar nulo ou branco é 3,59%. Maklandel Aquino (PSOL), Daniel Solon (PSTU) e Neto Sambaíba (PSL) tiveram menos de 1% das intenções de votos. Lourdes Melo (PCO) não pontuou.
pesquisaparagoverno_ca.jpg
O Credibilidade ouviu 1.142 eleitores em 64 municípios entre os dias 29 de setembro e 2 de outubro de 2014. A margem de erro é de 2,9%, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo PI-00205/2014
Publicado Por: Jhone Sousa

Empresário parnaibano Eureliano Barros assume direção da ZPE do Piauí


Mais uma vez o governador Zé Filho prestigia um parnaibano com cargo no primeiro escalão do Governo do Estado. Reconhecido por seu empreendedorismo, o empresário Eureliano Sávio Gomes Barros recebeu o convite pessoal do chefe do Executivo do Piauí para assumir a Presidência da ZPE (Zona de Processamento Exportação) de Parnaíba.
Por sua relevante contribuição para o desenvolvimento industrial do município de Parnaíba, Eureliano Barros foi um dos agraciados pela FIEPI com a Medalha Mérito Industrial Simplício Dias. À frente do órgão estadual, o empresário vai fortalecer as ações para que a ZPE se transforme no mais importante centro gerador de emprego e renda na região. Experiência e liderança do empresário garantirão o êxito das próximas etapas da ZPE.
Com base na pauta atual de exportação do Estado do Piauí, estima-se que as indústrias instaladas na ZPE gerem em torno de US$ 540 milhões em receita de exportação. A ZPE Parnaíba é uma empresa de economia mista, na qual o governo detém 90% e a FIEPI os outros 10%.
Em nenhum outro governo, os parnaibanos foram tão reconhecidos e mostraram resultados tão expressivos na gestão de órgãos estaduais quanto agora, na administração Zé Filho, a exemplo do Presidente da Fundação Antares, Carlson Pessoa, e do Secretário Estadual de Saúde, Mirócles Veras. No período de apenas quatro meses, o Presidente da Fundação Antares promoveu a maior ampliação da TV pública e educativa da história do Piauí, levando o sinal da TV Antares a mais de 30 municípios do interior do Estado.

(Fonte: Blog Ribamar Aragão)

Óleo de peroba: W. Dias faz as mesmas promessas de 12 anos atrás


Quem acompanha o horário eleitoral na TV sabe que o candidato do PT a governo do Piauí, Wellington Dias, usa as mesmas promessas que fez à população em sua primeira campanha. O petista prometeu concluir a porto de Luís Correia, pois era 'amigo' do presidente Lula, da qual passou oito anos no poder. A promessa do porto virou processo na Justiça por supostos desvios de dinheiro público, incluindo assessores de Wellington Dias. O valor do desvio pode chegar a R$ 12 milhões.

Wellington Dias também prometeu entregar o aeroporto de São Raimundo Nonato, obra que está sendo concluída apenas agora. Na lista de promessas do petista devem-se incluir a obra do Centro de Convenções de Teresina, a obra da Transnordestina e a ponte de Luzilândia, entregue somente em julho deste ano. O petista deixou como legado promessas descumpridas e obras incompletas, mesmo após o exercício de dois mandatos.

Mais uma vez Wellington Dias tenta enganar a população do Piauí com suas promessas 'de sempre'.


Redação Portal F5

Prisão Marido e enteado da candidata a deputada Flora Izabel são presos com R$ 11 mil no interior

Os dois acusados permaneceram calados durante interrogatório da Polícia Federal que já está investigando o caso.

WANESSA GOMMES, DO GP1

O marido e enteado da candidata a deputada estadual, Flora izabel, Sandro Borges Alves e Alexandre Assunção Lacerda Borges, respectivamente, foram presos em flagrante na cidade de São Raimundo Nonato com R$ 11 mil divididos em cinco malotes com nomes de cinco cidades: Várzea Branca, Guaribas, São Lourenço, Dirceu Arcoverde e Capitão Gervásio Oliveira.
Imagem: GP1Sandro Borges(Imagem:GP1)Sandro Borges
Os dois acusados permaneceram calados durante interrogatório da Polícia Federal que já está investigando o caso. Os celulares e veículos foram apreedidos.

Os presos foram indiciados e serão processados por compra de votos e se condenados a pena pode ser de 4 anos.

Segundo o promotor eleitoral Antonio César Gonçalves Barbosa todas as circunstâncias levam a crer que eles saíram de Teresina para comprar votos no interior.
Imagem: GP1Alexandre Borges(Imagem:GP1)Alexandre Borges
Imagem: GP1Carro que estava o dinheiro(Imagem:GP1)Carro que estava o dinheiro
Imagem: GP1Dinheiro apreendido(Imagem:GP1)Dinheiro apreendido
Imagem: DivulgaçãoSandro e Flora izabel(Imagem:Divulgação)Sandro e Flora Izabel

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Eleição para Governo do Estado vai ser definida no 2º turno, aponta a nova pesquisa do Datamax


Eleições

Wellington 49%, Zé Filho 38% e Mão Santa 6%, aponta instituto Datamax

Foram ouvidos 1.085 eleitores em 49 municípios no período de 24 a 27 de setembro, com margem de erro de 3% para mais ou para menos.

WANESSA GOMMES, DO GP1

Imagem: Reprodução /GP1Agenda dos candidatos(Imagem:Reprodução /GP1)Agenda dos candidatos
O Instituto Datamax divulgou nesta quinta-feira (02) última pesquisa de intenção de votos para o Governo do Estado. Foram ouvidos 1.085 eleitores em 49 municípios no período de 24 a 27 de setembro, com margem de erro de 3% para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Os números da pesquisa mostram que a eleição vai ser decidida no 2º turno.

Na pesquisa estimulada o candidato do PT, Wellington Dias, aparece com 49,95%, Zé Filho (PMDB) tem 38,80%, Mão Santa (PSC) 6,73%, Daniel Solon (PSTU) aparece com 0,92% das intenções de voto, Maklandel Aquino (PSOL) tem 0,65%, Lourdes Melo (PCO), 055% e Neto Sambaíba (PPL) tem 0,09%.
Imagem: ReproduçãoPesquisa estimulada(Imagem:Reprodução)Pesquisa estimulada
Não souberam ou não opinaram somaram 1,57% e nulo/branco 0,92%.

Espontânea

Na pesquisa espontânea, Wellington tem 46,54%, Zé Filho 36,31%, Mão Santa 5,62%, Maklandel Aquino e Daniel Solon aparecem com 0,46% cada um e Lourdes Melo 0,18%.
Imagem: ReproduçãoPesquisa espontânea(Imagem:Reprodução)Pesquisa espontânea
Não souberam ou não opinaram somaram 9,40% e nulo/branco 1,01%.

A pesquisa foi registrada no TRE/PI – Tribunal Regional Eleitoral, sob o número de registro: PI-00193/2014 e registrada no TSE – Tribunal Superior Eleitoral, sob o número de registro: BR-00865/2014.